Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro A Mulher Desiludida

Frases do Livro A Mulher Desiludida



Frases do Livro A Mulher Desiludida


A Mulher Desiludida é um livro de contos da escritora francesa Simone de Beauvoir. Lançamento 1986. Frases do Livro A Mulher Desiludida


Em A mulher desiludida, temos a reunião de três contos: “A idade da discrição”, “Monólogo” e “A mulher desiludida”. São três histórias distintas, independentes. Na primeira, um casal de intelectuais de esquerda se vê em conflito com as posições cada vez mais conservadoras do filho, o que se pode ver como prenúncio do choque de gerações de Maio de 68… skoob


Lindas Frases do Livro A Mulher Desiludida


“Antigamente, eu me embalava com projetos, com promessas. Agora, a sombra dos dias mortos torna mais suaves emoções e prazeres.”


“As estatísticas não explicam o que acontece a mim!”


“As mulheres só ficam contentes quando o que lhes damos é arrancado a outra por violência.”


“As pessoas simpatizam mais com a desgraça do que com a felicidade.”


“Depois de um golpe, tem-se a tendência de forjar pressentimentos.”


“Desde que duvidou de seus sentimentos, deveria ter-me forçado a construir uma vida independente.”


“É a primeira vez nesta história que eu tomo a iniciativa e ele pareceu desconcertado.”


“É impossível admitir que haja empenhado toda minha vida no amor de um homem tão egoísta.”


“É um desses momentos emocionantes, quando a terra parece ser dos homens e impossível que todos não sejam felizes.”


“Ela é desprezível porque contraria seus projetos.”


“Ele me bastou, só vivi para ele.”


“Ele não levou em conta nossos sentimentos.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro A Mulher Desiludida



“Endurecemos em alguns lugares, apodrecemos em outros, não amadurecemos nunca.”


“Era real esse amor entre nós, era sólido: tão indestrutível quanto a verdade. Apenas, havia o tempo que passava e eu não sabia.”


“Errou acreditando que as histórias de amor duravam.”


“Esse mundo tem seu tempo, suas horas, suas leis, sua linguagem, e cuidados, e divertimentos que me são radicalmente estranhos.”


“Esses sorrisos, esses olhares, essas palavras não podem ter desaparecido.”


“Estava cansada de perguntas. As palavras de decompunham em minha cabeça: amor, entendimento, desacordo, eram ruídos despojados de sentido.”


“Estava tão certa de seu amor por nós, por mim.”


“Estou certa de que falam de mim nas minhas costas.”


“Estou certa de que falam de mim nas minhas costas.”


“Eu acho que, frequentemente, por querer poupar demais as pessoas, só causamos prejuízo.”


“Eu somente quis ver se podia voar por minhas próprias asas.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro A Mulher Desiludida



“Existem pessoas que se amam a vida inteira.”


“Existem respostas que eu não teria forças de escutar. Não faço as perguntas.”


“Lembranças implacáveis. Como conseguira afastá-las, neutralizá-las?”


“Mas o amor, a amizade, é isso: uma espécie de simbiose.”


“Mas quando seu trabalho cessou de satisfazê-lo, teria percebido que nosso amor não lhe bastava?”


“Mas que significa a palavra “exigência” após uma vida inteira de amor e compreensão?”


“Meu erro mais grave foi não compreender que o tempo passa.”


“Minha vida me convém perfeitamente.”


“Não se compreende nunca o amor dos outros.”


“Não tenho mais nada senão meu passado.”


“Não torne as coisas mais difíceis.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro A Mulher Desiludida



“Naquela ocasião, seu amor me bastava.”


“Nós demonstrávamos que um amor pode durar sem diminuir.”


“Nós fomos felizes, apaixonadamente felizes: você dizia que só vivia por nosso amor.”


“Nós pesamos para as pessoas que não nos querem quando as queremos, é uma questão de situação, não de caráter.”


“O amor, é preciso merecê-lo.”


“O desolador quando se envelhece não está nas coisas, mas em nós mesmos.”


“O que conta não é a coisa em si mas a vitória conseguida.”


“O que é um adulto? Uma criança engorgitada de idade.”


“Para que viver se não se ama ninguém?”


“Para você, o amor, é preciso merecê-lo.”


“Quando a coisa vai mal demais, quando se torna intolerável, engulo álcool, tranquilizantes ou soníferos.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro A Mulher Desiludida



“Quando o silêncio me sufoca, ligo o rádio e chega de um planeta longínquo uma voz que apenas compreendo.”


“Quando se está tão por baixo, só se pode é subir.”


“Quanto menos eu me reconheço em meu corpo, mais me sinto obrigada a me ocupar com ele.”


“Que coragem inútil para as mais simples coisas, quando se perdeu o gosto de viver!”


“Que relação existe ao certo entre sua mudança de vida e a mudança de seus sentimentos?”


“Seja compreensiva e alegre, sobretudo seja amiga.”


“Sem dúvida, mostrei-lhe demasiadamente que nunca me resignara do fundo do coração. Mas não era razão suficiente para que deixasse de me amar.”


“Sua ansiedade me tocou e eu o escutei sem me tornar hostil.”


“Tenho o coração endurecido? Existem pessoas capazes de amar sem estima? Onde começa, onde termina a estima?”


“Todo esse lado exaltado que tinha eu o perdi. É isto que mudou.”


“Todo o mundo se acha inteligente, mesmo as pessoas que julgo estúpidas.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro A Mulher Desiludida



“Você chove no molhado. Não quero mais vê-lo porque desprezo sua conduta.”


“Você sacrifica nosso amor à sua vaidade.”


“Você sempre teve um senso muito exagerado de suas responsabilidades.”


“Você tem palavras que me matam.”