Trechos de música e frases de Vander Lee

Página inicialTrechos de músicasTrechos de música e frases de Vander Lee

Vanderli Catarina, mais conhecido como Vander Lee, foi um cantor de MPB e compositor brasileiro. (1966-2016)


Os Melhores Trechos de Músicas e Frases de Vader Lee


“A onda veio e me levou, desse lugar e agora eu sou, uma ilusão, a solidão é meu troféu.”


“Cada dia que passo sem sua presença, sou um presidiário cumprindo sentença.”


“Com o gol anulado, saí do gramado, voltei pro chuveiro. Isso tudo porque, meu irmão, eu sou Galo e ela é Cruzeiro.”


“Corro contra o tempo pra te ver, eu vivo louco por querer você.”


“Ela fala, eu me calo, ela canta de galo lá no meu terreiro. Ela apita esse jogo, ela é quem bota fogo no nosso palheiro.”


“Ela finge que não, mas no seu coração ainda sou artilheiro. Só faz isso porque, meu irmão, eu sou Galo e ela é Cruzeiro.”


“Estou aqui mas esqueci minha alma num hotel. Meu coração na caneta, meus desejos num papel.”


“Estou podando meu jardim. Estou cuidando bem de mim.”


“Eu vinha sem retrovisor, um rosto estranho me chamou e a minha pele não me coube mais… a sorte veio e me encontrou.”


“Já fez calor, temporal. Você sem mim, tudo tão igual. Tudo bem, mas estou bem mal.”


“Meu amor… deixa eu chorar até cansar. Me leve pra qualquer lugar aonde Deus possa me ouvir. Minha dor…”


“Meus olhos te viram triste, olhando pro infinito. Tentando ouvir o som do próprio grito.”


“Minha Preta não fala comigo, desde primeiro de janeiro. Ela me deu a mala eu fui dormir na sala, fiquei sem dinheiro.”


“Na corda bamba do amor, meus dias nunca mais serão iguais.”


“Na hora do cruzamento, ela deu impedimento ou falta no goleiro. Pra aumentar meu tormento, meu irmão, eu sou Galo e ela é Cruzeiro.”


“Na madrugada, uma balada soul, um som assim… meio que rock in roll.”


“Não tem mais feijoada, nem vaca atolada, rabada ou tropeiro. Já fez greve de cama diz que não me ama, quebrou meu pandeiro.”


“O meu relógio o amor tirou, mas sei que o meu coração… tá batendo mais forte, porque você chegou.”


“O que sou? Onde vou? Tudo em vão! Tempo de silêncio e solidão…”


“Quando a noite me revela… sou eu e ela, eu e ela, eu e ela.”
“Refazendo minhas forças, minhas fontes, meus favores. Tô regando minhas folhas, minhas faces, minhas flores.”


“Romântico… é uma espécie em extinção.”


“Tô bebendo minhas culpas, meu veneno, meu vinho. Escrevendo minhas cartas, meu começo, meu caminho.”


“Tô limpando minha casa, minha cama, meu quartinho. Tô soprando minha brasa, minha brisa, meu anjinho.”


“Tô relendo minha lida, minha alma, meus amores. Tô revendo minha vida, minha luta, meus valores.”


“Sabe o que eu queria agora, meu bem…? Sair, chegar lá fora e encontrar alguém. Que não me dissesse nada… não me perguntasse nada também.”