Frases do livro Minhas Mulheres e Meus Homens


“Naquele tempo as meninas não deixavam nada. Beijo na boca, era uma luta. Era coisa pra mais de dois meses de namoro.”


“Nessa hora ou a gente engrossa de vez ou é moderno.”


“O cara quer ser famoso, pra comer mulher. O cara quer ser rico, pra comer mulher. O cara quer aparecer, pra comer mulher. Só pra isso. A vida do homem não tem outra finalidade.”


“O pessoal se esquece que eu sou do interior da Bahia. Lá; esse negócio de dar, é muito sério. No meu, ninguém encosta.”


“O problema é que eu não consigo ser mais doido do que eu mesmo.”


“Pela primeira vez na vida, senti que estava ficando velho.”


“Quando eu tinha uns oito/nove anos, era muito magrinho e apanhava dos outros meninos (quando tinha coragem de enfrentar).”


“Sabe o que você tem que fazer pra gente aumentar o Ibope? Coloca um cabaré na sua novela. Com umas mocinhas de peitos grandes. E veludo vermelho. Muito veludo vermelho.”


“Sempre envolta num misterioso caso anatômico: deu à luz, na barriga da perna, um feto feito nas coxas.”


“Todo casal que se prezava, naquela época, tinha uma Andréa.”


“Tudo que o homem faz na vida só tem uma finalidade: comer mulher.”


Conhece mais frases do livro Minhas Mulheres e Meus Homens? Deixe seu comentário que a gente publica.

Páginas: 1 2