Página Inicial » Frases de Livros » Frases do livro Minhas Mulheres e Meus Homens

Frases do livro Minhas Mulheres e Meus Homens


Minhas Mulheres e Meus Homens um livro do escritor Mário Prata que abriu sua agenda de mais de 600 nomes e criou histórias deliciosas envolvendo um bom número e amigos e conhecidos: muitos deles, celebridades nacionais, lançado em 1999.


As Melhores Frases do Livro Minhas Mulheres e Meus Homens


“A cortina se levanta e eu decido improvisar tudo em tom humorístico e sem sentido.”


“A novela era colorida, mas ele quis ver em preto-e-branco.”


“Acho que eu fico procurando a mulher perfeita.”


“Além de não ouvir mais, eu já não falava. Não podia gastar nenhuma energia. Qualquer esforço poderia ser fatal.”


“Aliás, as pessoas não ficavam amigas da Ana. As pessoas simplesmente se apaixonavam por ela.”


“Comunista, ateu, mas vá que a coisa existia mesmo, era melhor morrer confessado e entrar logo no reino dos céus.”


“Desculpa tá, mas é. Você vai me desculpar muito, tá tudo muito bom, muito bonito mesmo, um poema e não sei mais o quê.”


“Deve ter sido por ter estudado tanto em colégio de padres, que eu sempre tive o fetiche de transar com uma freira.”


“Durante toda a minha adolescência ela cumpriu aquele papel de me anestesiar nas minhas intermináveis sessões de onanismo juvenil.”


“E fomos todos dormir na maior naturalidade, como se nada tivesse acontecido. Era só a punhetinha, porra.”


“E o grande Mestre, no banco de trás, abrindo os braços, genial: Uma grande vagina, ocupando todo o espaço cênico. Uma parte vibrátil a outra sucçátil, a outra deglutante…”


“Então me dei conta de que, pela primeira vez na vida, conversava pessoalmente com um botão.”


“Estou ligando pra dizer que te amo. Tchau.”


“Fazia frio. Ventava. No meio das árvores, uma lua mostrava o caminho. O porvir estava Começando.”


“Ficava imaginando ele ajeitando as meninas, levanta mais o peitinho, arrebita mais a bundinha, isso, sorri, olha para mim.”


“Fiquei sem jeito. Achei que eu tinha pegado pesado com ele.”


“Gostava de viver assim. Cheio de aventuras. Até que um dia esqueceu de colocar o capacete e foi direto para o céu, como uma labareda iluminada.”


“Havia um feto bem cabeludo na barriga da perna da velha virgem.”


“Já avisei a rua toda. Quem bater em você, é só me avisar que eu dou um pau nele.”


“Mas, no fundo, eu sei. O padrinho sou eu. E não se fala mais nisso.”


“Me diz, como é que você coloca o papel higiênico no rolo? O papel saindo por cima ou por baixo?”


“Minha filha, agora você é uma mocinha! Você vai colocar essa toalhinha entre as pernas por debaixo da calcinha.”


“Minha filha, é mais informação do que eu preciso. Casamento é assim mesmo. Normal.”


“Minha vida nunca mais seria a mesma. Larguei a odontologia. Hoje sou Provador de Puta.”


“Mulata de belas ancas, como convinha às boas padarias da praça.”


Páginas: 1 2