Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro Um Gato de Rua Chamado Bob

Frases do Livro Um Gato de Rua Chamado Bob


Um Gato de Rua Chamado Bob é um livro de biografia, animais de estimação. Uma literatura estrangeira de autobiografia e memórias do autor inglês James Bowen. Lançamento 2013. Frases do Livro Um Gato de Rua Chamado Bob


Frases do Livro Um Gato de Rua Chamado Bob


“A forma como algumas pessoas tratam seus animais de estimação realmente me enoja.”


“Acabamos nos tornando grandes amigos. Ela é uma pessoa muito carinhosa e cuidou de mim, mas, como namoro, aquilo estava meio que condenado desde o início.”


“Assumir a responsabilidade por minha própria vida já era algo bastante difícil.”


“Cresci em meio a gatos e sempre tive certa queda por eles.”


“Deram-me um monte de oportunidades, às vezes a cada dia. Por um longo tempo, falhei em não agarrar nenhuma delas.”


“E, pela maneira como se esfregava contra mim, também precisava de uma boa dose de amor.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro Um Gato de Rua Chamado Bob



“Ela sabia que eu tinha um fraco por gatos.”


“Ele apenas olhou para mim com a mesma expressão compenetrada e um pouco distante, como se ainda estivesse me avaliando.”


“Ele deve mesmo confiar em mim, pensei comigo mesmo. Senti imediatamente que precisava retribuir essa confiança e tentar ajudá-lo.”


“Ele é um amiguinho de aparência adorável.”


“Ele não tem nada a ver comigo, companheiro.”


“Ele pareceu estar gostando do carinho e começou a se esfregar levemente contra mim.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro Um Gato de Rua Chamado Bob



“Ele parecia fazer amizade com quase todo mundo que conhecia. Era um presente que eu mesmo gostaria de ter. Nunca achara muito fácil me relacionar com as pessoas.”


“Eu era um músico fracassado e um viciado em drogas em recuperação, vivendo uma existência precária em uma moradia subvencionada.”


“Eu já era capaz de afirmar que ele tinha certa personalidade. Ele não estava nem um pouco nervoso; na verdade, era exatamente o oposto.”


“Havia nele uma confiança calma e imperturbável.”


“Mais uma vez, caí de joelhos e o acariciei. Mais uma vez, ficou óbvio que ele adorava aquilo.”


“Mas a alegria rapidamente deu lugar à paranoia.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro Um Gato de Rua Chamado Bob



“Não havia dúvida de que ele estava desenvolvendo um carinho por mim.”


“Não me surpreenderia saber que ele foi abandonado.”


“Não podia forjar uma amizade muito forte porque, mais cedo ou mais tarde, ele ia querer voltar para as ruas.”


“Não pude resistir a me ajoelhar e me apresentar.”


“No começo, ele tinha sido carinhoso, mas ainda um pouco cauteloso comigo. Porém, com o passar dos dias, tornou-se mais e mais confiante e amigável.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro Um Gato de Rua Chamado Bob



“Nós havíamos saído juntos anos atrás, mas, agora, éramos apenas colegas.”


“Parecia completamente perdido. Olhou para mim como se dissesse: ‘Eu não sei onde estou, quero ficar com você’.”


“Por um tempo, fiquei imaginando se sua fuga havia sido um sinal de que ele queria manter alguma distância entre nós.”


“Provavelmente está esperando que a pessoa volte para casa e o deixe entrar.”


“Recebemos segundas chances a cada dia de nossas vidas. Elas estão ali para serem agarradas, só que não costumamos agarrá-las.”


“Senti como se tivesse um propósito extra em minha vida, algo de positivo a fazer por alguém, ou por um animal, além de mim mesmo.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases Um Gato de Rua Chamado Bob



“Sou meio acumulador de tralhas; pego todo tipo de coisas da rua.”


“Talvez ele tivesse visto em mim uma alma semelhante.”


“Tudo começou com comentários irônicos.”


“Tudo que consegui foram olhares em branco e ombros encolhidos.”