Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro O Homem de Giz (C.J. Tudor)

Frases do Livro O Homem de Giz (C.J. Tudor)


Frases do Livro O Homem de Giz


O Homem de Giz é um livro de ficção, suspense e mistério, uma literatura estrangeira de C.J. Tudor. Laçamento 2018.

Em 1986, Eddie e os amigos passam a maior parte dos dias andando de bicicleta pela pacata vizinhança em busca de aventuras. Os desenhos a giz são seu código secreto: homenzinhos rabiscados no asfalto; mensagens que só eles entendem. Mas um desenho misterioso leva o grupo de crianças até um corpo desmembrado e espalhado em um bosque. Depois disso, nada mais é como antes.


Frases do livro O Homem de Giz para conhecer um pouco da história de Eddie e seus amigos


“A História não passa de uma história contada pelos sobreviventes.”

“Amigos, não é? Dão mais chatices do que merecem. Embora não sejam tão maus como a família.”

“As pessoas dizem que não há nada mais forte do que o amor. Têm razão. É por isso que as piores atrocidades são cometidas em seu nome.”

“Com um pouco de amor, pode ser uma maravilhosa casa de família.”

“Contrariamente ao que em geral se pensa, o trabalho de um professor não termina quando a escola fecha para as férias de Verão.”

“Desde que nascem, as crianças nos enchem a vida de amor e de terror.”


“É estranho como a nossa vida parece pequena quando a deixamos para trás.”


“E aqui uso a palavra ‘amigos’ no seu sentido mais lato. Os ‘amigos’ on line não são amigos verdadeiros. Os amigos verdadeiros são uma coisa diferente. Os amigos verdadeiros são os que estão presentes, sejam quais forem as circunstâncias. Os amigos verdadeiros são pessoas que amamos e odiamos na mesma medida, mas que são parte integrante de nós.”

“É estranho como a nossa vida parece pequena quando a deixamos para trás.”

“É o problema dos jovens de hoje. Não prestam atenção.”

“Entoavam cânticos de amor, mas pareciam destilar ódio.”

“Era mais forte do que parecia.”

“Era uma criança. Nem sabia o que era o amor.”


“É o problema dos jovens de hoje. Não prestam atenção.”


“Eu e os meus amigos inventamos símbolos secretos que usávamos para deixar uns aos outros por todo o lado mensagens que só nós entendíamos.”

“Eu também tenho de ir. Vou encontrar-me com os meus amigos.”

“Fingia enchê-la de amor, quando na verdade só lhe enchia o coração de veneno.”

“Foi bom voltar a ver-te. Continuas a ser corajoso.”

“Há coisas que não se podem compartilhar com ninguém, nem com os melhores amigos.”

“Havia nele um não-sei-quê tão desagradável e frio como a prótese que lhe enchia a boca de um lado ao outro.”


“Era mais forte do que parecia.”


“Isso é que é amor. Todos estes anos à espera do noivo.”

“Na maior parte dos casos adoro o tema a leccionar e quero partilhar esse amor com os meus alunos”

“Não apareço enquanto o teu amigo cá estiver.”

“Não há nada melhor do que fazer uma coisa indevida e enrolar um adulto ao mesmo tempo.”

“Não tenho nada contra. Na verdade também não tenho nada a favor.”

“Nem tenho uma companheira, quanto mais uma família.”


“O amor não é uma escolha. É uma compulsão.”


“No entanto, por vezes devíamos escolher. Ou pelo menos escolher não nos deixarmos apaixonar.”

“O amor não é uma escolha. É uma compulsão.”

“O dia adivinhava-se perfeito.”

“O problema é que nunca estivemos de acordo quanto ao princípio.”

“O que vais fazer em relação ao teu amigo?”

“Os garotos também têm segredos. Por vezes mais do que os adultos.”


“Por vezes, é melhor não saber todas as respostas.”


“Os olhos cor de avelã fitavam o dossel frondoso dos sicômoros, das faias e dos carvalhos, mas sem verem os dedos hesitantes dos raios de Sol que se insinuavam por entre as ramadas.”

“Para alguém tão pouco sociável, é espantoso que tenhas amigos.”

“Pensava que éramos amigos.”

“Por vezes, é melhor não saber todas as respostas.”

“Porque não são mesmo amigos. São só pessoas que conheces desde sempre. Não é assim que se definem os amigos?”

“Quero que apreciem as aulas e que saiam com a consciência de terem aprendido alguma coisa.”


“Tanto a família como os amigos podem ser difíceis.”


“Sei que me vê mais como um tio protetor do que como um potencial namorado.”

“Sempre dissemos que lhe íamos proporcionar amor e segurança e não quero que isto o atinja seja de que maneira for.”

“Sinto-me um bocado perdido.”

“Sorria sempre e cumprimentava-me, mas sempre o achei um tanto assustador.”

“Subia às árvores como um rapaz e lutava quase tão bem como a maioria dos rapazes.”

“Tanto a família como os amigos podem ser difíceis.”

“Venho à procura de um amigo.”


Gostou das frases do livro O Homem de Giz?

Confira também 

Frases do Livro O Exorcista