Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro Meu Pé de Laranja Lima

Frases do Livro Meu Pé de Laranja Lima


Frases do Livro Meu Pé de Laranja Lima


Meu Pé de Laranja Lima é um livro de romance juvenil, escrito por José Mauro de Vasconcelos. Lançamento 1968. Frases do Livro Meu Pé de Laranja Lima.

Este livro retrata a história de um menino de cinco anos chamado Zezé, que pertencia a uma família muito pobre e numerosa. Sua mãe trabalhava numa fábrica e o pai estava desempregado. Passavam por muitas dificuldades, pelo que as irmãs mais velhas que tomavam conta dos mais novos e, por sua vez, Zezé tomava conta do seu irmãozinho mais novo, Luís.


Seleção de Frases do Livro Meu Pé de Laranja Lima


“A dor era menor que a minha raiva.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“A gente mata no coração. Vai deixando de querer bem. E um a dia a pessoa morre.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“A verdade é que a mim contaram as coisas muito cedo.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Agora meu coração estava aos pulos.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Alegria é um sol brilhante dentro do coração.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Às vezes sou feliz na minha ternura, às vezes me engano, o que é mais comum.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Cada vez meu irmãozinho ficava mais lindo. Não era chorão, nem briguento. Mesmo quando eu era obrigado a tomar conta dele, quase sempre eu o fazia de boa vontade.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Dor não era apanhar de desmaiar. Não era cortar o pé com caco de vidro e levar pontos na farmácia. Dor era aquilo, que doía o coração todinho, que a gente tinha que morrer com ela, sem poder contar para ninguém o segredo.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“E os dias andaram sem pressa e sobretudo muito felizes.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Ele soltou uma gargalhada gostosa que nenhum brasileiro sabia soltar.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Então eu criei a maior coragem do mundo.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“És um homenzinho corajoso, Pirralho.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“És um menininho muito complicado, mas confesso que estás enchendo de alegria o velho coração de um Português.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Esse pessoal vai contando as coisas e pensa que criança acredita em tudo.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Eu não gosto de discussões, mas se você está aborrecido é melhor falar logo.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Eu não presto para nada. Sou muito ruim.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Eu não tenho um coração maravilhoso. A senhora diz isso porque não me conhece em casa.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Eu só sei que quando estou com você, eu sinto um sol de felicidade no meu coração.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Mas faltava qualquer coisa. Qualquer coisa importante que me fizesse voltar a ser o mesmo, talvez a acreditar nas pessoas, na bondade delas.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Mas o que doía mesmo era o rosto. Doía de dor e de raiva ante tanta maldade sem motivo.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Melhor era me refugiar na pequena sombra do meu pé de Laranja Lima.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Nada de medo que você está ficando um homenzinho.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Não era possível que uma pessoa que me batera usasse agora uma voz tão doce e quase amiga.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Não espero nada, assim a gente não fica desapontado.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Não havia tempo a perder.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“O danadinho aprendia tudo e falava certinho o que ouvia.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“O pensamento cresce, cresce e toma conta de toda a nossa cabeça e nosso coração. Vive em nossos olhos e em tudo que é pedaço da vida da gente.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Passava os dias sentado com o meu irmãozinho junto de Minguinho, sem vontade de conversar. Com medo de tudo.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Por amor de Deus, não fique me atazanando a paciência.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Quando eu falo é para obedecer.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Sabe o que você é? É uma puta!”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Sinto um sol de felicidade dentro do meu coração.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Uma manhã apareci com uma flor para minha professora. Ela ficou muito emocionada e disse que eu era um cavalheiro.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Verdade que em casa começaram a me tratar bem que dava para desconfiar.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Vida nova e esperanças simples, simples esperanças.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Você é curioso que é danado.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Você precisa saber que o coração da gente tem que ser muito grande e caber tudo que a gente gosta.”
— Meu Pé de Laranja Lima


“Vocês são uns monstros sem coração.”
— Meu Pé de Laranja Lima


Gostou das Frases do Livro Meu Pé de Laranja Lima?

Confira também

Frases de Por Lugares Incríveis