Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro Lucíola

Frases do Livro Lucíola


Lucíola é um livro de romance e ficção. Uma literatura brasileira do autor José de Alencar. Lançamento 2012. Frases do Livro Lucíola


Frases do Livro Lucíola


“A manhã a encontrava tímida menina, amante casta e ingênua, bebendo num olhar a felicidade que dera, e suplicando o perdão da felicidade que recebera.”


“Alguma coisa me diz que eu vibro no seu coração uma corda, embora seja a da compaixão e da piedade.”


“Bastou uma palavra, um sentimento de convenção, para que o meu orgulho destruísse a felicidade que as suas mãos delicadas tinham tecido com tanta paciência e esmero.”


“Cuidas que sou desses homens que perseguem os seus amigos de conselhos que nada lhes custam, porque nem sequer dão o exemplo; e com isso julgam-se quites de todos os deveres da amizade!”


“Deus me abençoou.”


“Devia resgatar essa dor a felicidade que pela dor havia perdido!”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro Lucíola



“E a sua beleza admirável, como a sua graça infinita, davam sempre àqueles hinos do prazer uns retoques originais.”


“Ela tornou-se de lacre sentindo o peso de meu olhar.”


“Ele me aparece como um sonho, como uma nuvem sombria que se vai sumindo.”


“Estava fazendo projetos para a nossa felicidade.”


“Eu vivia ainda das recordações da felicidade que ela me dera; e quando saía afagava sempre a esperança de encontrá-la.”


“Finge-se um arrufo, e põe-se o amor em leilão a quem mais der.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro Lucíola



“Há de ser tão bom a gente sentir-se amada sem interesse!”


“Há mulheres que amam toda a vida; e o seu coração, em vez de gastar-se e envelhecer, remoça como a natureza quando volta a primavera.”


“Há mulheres, que, ou por interesse, ou por amizade, ou mesmo por hábito, se inquietam com a ideia de que seu amante as abandone.”


“Já conheces o amor dessa mulher: é um gozo tão agudo e incisivo que não sabes se é dor ou delícia; não sabes se te revolves entre gelo ou no meio das chamas.”


“Muitas vezes lê-se não por hábito e distração, mas pela influência de uma simpatia moral que nos faz procurar um confidente de nossos sentimentos, até nas páginas mudas de um escritor.”


“Não gosto de passar pelo que não sou.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro Lucíola



“Não sei quanto tempo durará a minha felicidade; e não quero esperdiçá-la.”


“O amor é inexaurível e remoça, como a primavera; mas não ressuscita o que já morreu.”


“O amor para uma mulher como eu seria a mais terrível punição que Deus poderia infligir-lhe!”


“O amor purifica e dá sempre um novo encanto ao prazer.”


“O seu pranto me enterneceu; chorei com ela.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro Lucíola



“Os meus sentimentos, a minha vida íntima era um mundo em que se julgava profana, e no qual não ousava ou não queria mesmo penetrar.”


“Parecia que o prazer fugindo deixava a amizade calma e serena.”


“Perdi a minha muito cedo e fiquei só no mundo; por isso invejo a felicidade daqueles que têm uma família.”


“Se eu quisesse parecer melhor do que realmente sou e fingir sentimentos que não posso ter, me tornaria ridícula.”


“Se há felicidade neste mundo, devia ser a que ela sentia.”


“Só dispo a minha alma entre amigos.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro Lucíola



“Só partilho o amor com a mulher que o sente.”


“Tens o amor no meio de uma claridade esplêndida, em volta de uma mesa bem servida, sobre macios tapetes; e preferes o amor bucólico ao relento e sobre a relva!”


“Tinha refletido: essa amizade não podia continuar; se havia de desatar mais tarde, depois de me ter feito curtir mil dissabores, bom era que cessasse desde logo.”


“Uma débil esperança espontou-me no coração.”


“Vivamos com a realidade; e deixemos vir um futuro que pertence a Deus.”