Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro A Vida Mentirosa dos Adultos

Frases do Livro A Vida Mentirosa dos Adultos


Frases do Livro A Vida Mentirosa dos Adultos


Frases do Livro A Vida Mentirosa dos Adultos: As melhores e mais incríveis frases de A Vida Mentirosa dos Adultos. Mensagens, citações, trechos marcantes e frases reflexivas! Frases da Elena Ferrante em A Vida Mentirosa dos Adultos


Frases do Livro A Vida Mentirosa dos Adultos para conhecer melhor essa ficção


“A dor que eu sentia não queria cessar nem atenuar.”


“Acabara a fase em que ambos passavam todo tempo tentando inutilmente evitar que eu sofresse os males aos quais estão expostos todos os seres humanos.”


“Amei muito meu pai, era um homem sempre gentil.”


“Apareceram na minha vida em raras ocasiões.”


“Às vezes, quando algo o envolvia muito, acabava somando com agitação discursos finíssimos a emoções descontroladas.”


“Como eu era sortuda, não podia ter pais melhores. Eram lindos e se amavam desde a adolescência.”


"A dor que eu sentia não queria cessar nem atenuar." Frases A Vida Mentirosa dos Adultos

“A dor que eu sentia não queria cessar nem atenuar.”


Frases da Elena Ferrante


“Desejei amar também, logo, daquela maneira absoluta.”


“Dirigia-se a mim em todas as ocasiões com expressão alegre, independentemente do seu humor ou do meu.”


“Ele estava de perfil, tinha o olhar alegre, os dentes retos e branquíssimos.”


“Ele sempre queria algo meu,uma orelha, o nariz, o queixo, dizia que eram tão perfeitos que não podia viver sem eles.”


“Escapei para longe e continuo a escapar também agora.”


“Eu adorava aquele tom, que me provava o tempo todo como eu lhe era indispensável.”


"Eu lembro de algumas coisas, mas de outras, não." A Vida Mentirosa dos Adultos Frases

“Eu lembro de algumas coisas, mas de outras, não.”


Páginas: 1 2