Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro A Valsa dos Adeuses

Frases do Livro A Valsa dos Adeuses


A Valsa dos Adeuses é um livro de romance, escrito pelo autor tcheco Milan Kundera. Lançamento 2010. Frases do Livro A Valsa dos Adeuses


Frases do Livro A Valsa dos Adeuses


“A gravidez é um golpe que pode surgir de qualquer lugar e a qualquer momento”


“As mulheres sempre o atemorizaram.”


“Não quero magoar você, que tolice, por que iria magoá-la.”


“Não se trata dos pigmentos. Uma loira se adapta inconscientemente a seus cabelos.”


“Não sou a favor de impor às pessoas a felicidade. Cada um tem direito ao seu mau vinho, à sua burrice e ao seu sujo nas unhas.”


“O ciúme possui o poder espantoso de iluminar o ser amado com raios intensos e de manter a multidão dos outros homens numa total obscuridade.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro A Valsa dos Adeuses



“O desejo de ordem é ao mesmo tempo desejo de morte, porque a vida é perpétua violação da ordem.”


“O desejo de ordem quer transformar o mundo humano num reino inorgânico em que tudo acontece, tudo funciona, tudo é submetido a uma vontade impessoal.”


“Os cabelos loiros e os cabelos pretos são os dois polos da natureza humana.”


“Os cabelos pretos representam a virilidade, a coragem, a franqueza, a ação, enquanto os cabelos loiros simbolizam a feminilidade, a ternura, a fraqueza e a passividade.”


“Podem-se reconhecer os velhos pelo hábito de vangloriar-se de sofrimentos passados e de transformá-los num museu para o qual convidam visitantes.”


“Por que chegar à conclusão de que não há diferença entre o culpado e a vítima é perder toda a esperança.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro A Valsa dos Adeuses



“Por que me telefona se não quer falar comigo?”


“Se essa loira é uma morena que se tingiu de loira, ela quer ser fiel à sua cor e se comporta como um ser frágil, como uma boneca frívola que exige ternura e serviços, galanteria e uma pensão alimentar, ela é incapaz de fazer o que quer que seja por conta própria, por fora toda delicadeza e por dentro toda grosseria.”


“Se os cabelos pretos se tornassem uma moda universal, seguramente viveríamos melhores neste mundo. Seria a reforma social mais útil que se poderia fazer.”


“Seduzir uma mulher está ao alcance do primeiro imbecil. Mas é preciso também saber romper; é nisso que se reconhece um homem maduro.”


“Ter um filho é manifestar um acordo absoluto com o homem. Se tenho um filho, é como se dissesse: nasci, apreciei a vida e constatei que ela é tão boa que merece ser repetida.”


“Um amor excessivo é um amor culpado.”


Página Inicial » Frases de Livros » Frases do Livro A Valsa dos Adeuses



“Uma loira é na realidade duplamente feminina. Uma princesa não pode deixar de ser loira. É também por essa razão que as mulheres, para serem femininas o máximo possível, pintam os cabelos de loiro e nunca de preto.”


“Você sabe que o amor tem, muitas vezes, os traços do ódio.”