Frases de Rachel de Queiroz


 

Rachel de Queiroz foi uma tradutora, romancista, escritora, jornalista, cronista prolífica e importante dramaturga brasileira. (1910-2003) Frases de Rachel de Queiroz


Frases de Rachel de Queiroz


“A arte é um resumo da natureza feito pela imaginação.”


“A cadeia parecia não mudar nunca, como uma coisa morta; e quem estava lá se esquecia da conta dos dias e das horas, que acabavam se embaralhando todas quando se tentava classificar alguma lembrança.”


“A gente nasce e morre só. E talvez por isso mesmo é que se precisa tanto de viver acompanhado.”


“A lembrança só dói quando fresca. Depois de curtida é um consolo.”


“A morte é a grande companheira, é esperada, tomara que já chegue.”


“A piedade supõe uma condição de superioridade e a gente só pode se compadecer de quem sofre mais do que nós.”


“A vida é uma tarefa que não pode ser dividida com ninguém.”


“A vida eu acho que ensina surrando.”


“Acho que a gente tem que dar o testemunho fiel do seu tempo e da sua gente e as conclusões que sejam tiradas.”


“Amar é comprazer-se no belo, numa aventura heroica e insuperável.”


“As coisas de que poderia gostar esqueço, eu só me lembro do que não gosto e tenho aquela cisma.”


“Cada coisa tem sua hora e cada hora o seu cuidado.”


“Criança é uma das minhas paixões na vida. Você perguntou das coisas de que gosto, criança é uma das minhas paixões.”


“Depois do livro escrito, eu me desinteresso dele e não gosto muito de pensar, porque só me lembro do que não gosto.”


“Doer, dói sempre. Só não dói depois de morto. Porque a vida toda é um doer.”


“É o comer que faz a fome.”


“É o coração que faz o caráter.”



“É por causa dessa minha cara redonda, todo mundo pensa que sou alegre.”


“É que o amor é essencialmente perecível e na hora que nasce começa a morrer. Só os começos são bons.”


“Eu me arrependo de quase tudo.”


“Eu nunca fui uma moça bem-comportada. Pudera, nunca tive vocação pra alegria tímida, pra paixão sem orgasmos múltiplos ou pro amor mal resolvido sem soluços. Eu quero da vida o que ela tem de cru e de belo. Não estou aqui pra que gostem de mim. Estou aqui pra aprender a gostar de cada detalhe que tenho.”


“Eu sou essa gente que se dói inteira porque não vive só na superfície das coisas.”


“Falam que o tempo apaga tudo. Tempo não apaga, tempo adormece.”


“Gosto de televisão, acho televisão, como todo mundo, não sou idiota… um instrumento mágico, maravilhoso, etc e tal; agora, em geral mal empregado.”


“Há então um delírio, um entusiasmo, um bocadinho do céu. Mas depois!… seria pois necessário estar sempre a começar, para poder sempre sentir?”


“Infelizmente não acredito em Deus. Acho uma grande pobreza não ter uma fé. É um desamparo, uma solidão muito grande.”


“Na verdade, eu não gosto de escrever e se eu morrer agora, não vão encontrar nada inédito na minha casa.”


“Não sou feminista. Acho que a sociedade tem que crescer em conjunto. A associação mulher e homem é muito boa e acho um grande erro combater o homem.”


“Não sou feminista. Acho que a sociedade tem que crescer em conjunto.”


“Não tenho decepções.”


“Nas nossas democracias a ânsia da maioria dos mortais é alcançar em sete linhas o louvor do jornal. Para se conquistarem essas sete linhas benditas, os homens praticam todas as ações, mesmo as boas.”


“O amor eterno é o amor impossível. Os amores possíveis começam a morrer no dia em que se concretizam.”


“O apreço exterior pela arte é a sobrecasaca da inteligência.”


“Olha, gosto do ser humano, gosto da humanidade, gosto dos meus próximos e gosto dos distantes.”


“Os políticos e a as fraldas são semelhantes, possuem o mesmo conteúdo.”


“Os sentimentos mais genuinamente humanos logo se desumanizam na cidade.”


“Pensar e fumar são duas operações idênticas que consistem em atirar pequenas nuvens ao vento.”


“Quando não se tem aquilo que se gosta é necessário gostar-se daquilo que se tem.”


“Que mérito há em amar os que nos amam?”


“Só sentia no coração fervor, convicção, desprendimento.”


“Tenho um temperamento muito bovino, sou muito calma.”